História da Santa Casa

A Santa Casa de Misericórdia de Tupã, como todas as demais Santas Casas foi constituída por um grupo de cidadãos beneméritos. A sua fundação deu-se em 12 de Julho de 1.939, sendo uma entidade de natureza filantrópica. Dentre as inúmeras pessoas que colaboraram para a sua edificação, menciona-se o Sr. Joaquim Abarca, doador das terras onde está edificado o hospital e do Sr. Luiz de Souza Leão, fundador da cidade.

O primeiro provedor da Santa Casa foi o Sr. Anthero Augusto Silva Barradas, que ficou no cargo por pouco tempo, do ano de 1944 a 1945, depois assumiu como segundo provedor o Sr. Jayme Coelho de Almeida, do ano de 1946 a 1948. Mas a Santa Casa só começou a se desenvolver realmente a partir da posse do seu terceiro provedor, o Sr. Manoel Ferreira Damião, que ficou por muitos anos no cargo, de 1948 a 23 de março de 1.963, data do seu falecimento.

O hospital foi projetado, construído e aparelhado sob orientação exclusiva dele, que muito contribuiu para seu desenvolvimento.

Em 1963 assumiu o quarto provedor, o Sr. Manoel Marques de Oliveira, ficando no cargo até 1964, e em 1965 tomou posse o Sr. Anísio Carneiro, ficando até 1978, onde muitas obras foram entregues.

No seu mandato, em 1968 foi construída a Maternidade Nossa Senhora de Chartres, os Pavilhões, o INPS e o Isolamento. Nesta época a mesa administrativa era composta da seguinte forma: Provedor: Sr. Anísio Carneiro, Vice-Provedor: Sr. Manoel Marques de Oliveira, 1º Secretário: Sr. Carlos Ferreira Damião, 2º Secretário: Sr. Antônio Rodrigues Costa, 1º Tesoureiro: Sr. Gabriel da Silva Teixeira, 2º Tesoureiro: Sr. Laércio Soares de Souza.

Foi construído no seu mandato em 07/03/1975 o Hospital Selmira Ribas Carneiro, que presta assistência a muitas crianças até os dias de hoje e também houve a construção do Laboratório de Análises Clínicas, e as instalações da Cozinha.

Em 1977 surgiu a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e o Centro Cirúrgico, com a mesma mesa administrativa, mantendo-se o vice-provedor e o 1º secretário, alterando somente os nomes do 2º secretário que passou a ser o Profº Florentino Fernandes Garcia, 1º tesoureiro Sr. Laércio Soares de Souza e 2º tesoureiro Sr. Eduardo Zanelato.

O Sexto provedor que contribuiu para o desenvolvimento da Santa Casa foi justamente o Sr. Eduardo Zanelato, que teve seu mandato de 1979 a 1994, onde uma obra também de extrema importância foi construída, o Pronto-Socorro, inaugurado em Outubro de 1984 composta da seguinte mesa administrativa: Provedor Sr. Eduardo Zanelato, vice-provedor: Sr. Laércio Soares de Souza, 1º Secretário: Profº Florentino Fernandes Garcia, 2º Secretário: Sr. Carlos Ferreira Damião, 1º Tesoureiro: Dr. Wladimir Arantes Teixeira, 2º Tesoureiro: Dr. Lincoln Rubens Ricci.

Em 29/12/1994 já no final do seu mandato foi entregue o Banco de Sangue. Nessa época a diretoria era composta pela mesma mesa administrativa, só alterando o 2º secretário que passou a ser o Sr. Hilário Manfré, e o 2º Tesoureiro Sr. Ermildo Thomazine. Outra medida tomada por ele foi a de centralizar as atividades do Setor de Compras e do Almoxarifado, que não existia, antes cada setor comprava o seu material de consumo e o estocava. Isso facilitou muito, pois agora as compras são efetuadas através das cotações procurando sempre o melhor preço, prazo, qualidade, sendo os produtos estocados de maneira correta pode ser comprada em maior quantidade para não correr o risco de faltar material, como sempre ocorria por falta de espaço físico em cada posto de serviço.

De 1995 a 2001 assumiu o cargo o Professor Florentino Fernandes Garcia, como o sétimo provedor da Santa Casa.

Surgiu no seu mandato, em meados de 1995, o Plano Santa Casa Saúde, uma empresa dinâmica, atualizada dentro das exigências legais que regulamentam os planos de saúde, com capacidade para oferecer aos seus usuários toda abrangência de especialidades médicas, incluindo benefícios adicionais especiais, com tecnologia de ponta, o que o coloca em igualdade com os mais modernos planos de saúde existentes a nível nacional. A Santa Casa investiu e tem planos de continuar investindo em sua estrutura operacional e administrativa, a fim de aprimorar a qualidade do atendimento que presta aos seus usuários, garantindo-lhes confiança, tranqüilidade e segurança.

No dia 29 de junho de 1.999 com a presença de autoridades, mesa administrativa, irmãos definidores, médicos, enfermeiros e funcionários de apoio entregaram a Nova Unidade de Terapia Intensiva (UTI) totalmente reformada, acrescida de equipamentos para atendimento infantil, o Serviço de Hemodiálise reformado e ampliado com novos equipamentos para atendimento infantil e rim artificial.

A maternidade não parou de se desenvolver, sempre buscando aperfeiçoar o serviço prestado, e em 2000 o hospital recebeu o título de “Hospital Amigo da Criança”, reconhecido por ter cumprido os dez passos para o sucesso do aleitamento materno definidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

Em 13 de maio de 2.001 assumiu como provedor o Engenheiro José Carlos Corbari, com a seguinte mesa administrativa: seu vice-provedor Sr. Antônio Rodrigues de Pontes Filho, 1º Secretário: Dr. Júlio Cristino Alves, 2º Secretário: Sr. Mársio Duarte, 1º Tesoureiro: Sr. Eurípedes Leonel, 2º Tesoureiro Professor João Obregon.

No dia 16 de maio de 2005, assumiu como provedor o Administrador de Empresas o Sr. Antônio Rodrigues de Pontes Filho, com a seguinte mesa administrativa: vice provedor: Capitão Davi Rodrigues dos Santos, 1º Secretário: Dr. Júlio Cristino Alves, 2º Secretário: Engenheiro José Carlos Corbari, 1º Tesoureiro: Sr. Eurípedes Leonel, 2º Tesoureiro Professor João Obregon.

Assumiu como provedor o Sr. Claudinês Luchi Arroyo, no dia 21 de janeiro de 2007, com a seguinte mesa administrativa: vice provedor: Capitão Davi Rodrigues dos Santos, 1º Secretário: Dr. Júlio Cristino Alves, 2º Secretário: Engenheiro José Carlos Corbari, 1º Tesoureiro: Sr. Eurípedes Leonel, 2º Tesoureiro Professor João Obregon.

Essa Irmandade preocupada não só em equacionar os custos de manutenção e de prestação de serviços, também está buscando recursos externos para poder melhor prover de equipamentos como também melhorar a sua aparência física e ambiental, buscando excelência no tratamento digno e humanizado.

No ano de 2012, após grande trabalho visando a captação de recursos, foi entregue o novo Centro Cirúrgico com 5 salas para cirurgia e outra 2 para recuperação cirúrgica, totalmente modernizado com equipamentos de ponta. Foi realizada também a ampliação da UTI – Unidade de Tratamento Intensivo.

Em 16 de janeiro de 2013, assumiu com provedor o Capitão Davi Rodrigues dos Santos, com a seguinte mesa administrativa: Vice provedor: Claudinês Luchi Arroyo, 1º Secretário: Nelson Pereira Imperatriz, 2º Secretário: Nelson Celeste Mota, 1º Tesoureiro: Osvaldo Pacheco, 2º Tesoureiro Valcenir Agostinho.

Em 16 de janeiro de 2017, foi reconduzido à provedoria o Sr. Claudinês Luchi Arroyo. Além do novo provedor, os outros cargos ficaram assim preenchidos: vice provedor: Sr. Alberto Martins, 1º Secretário: Sr. Nelson Pereira Imperatriz, 2º Secretário: Sr. Júlio Cristino Alves, 1º Tesoureiro: Sr. Osvaldo Pacheco, 2º Tesoureiro Sr. Eurípedes Leonel.